segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Birthday again?


Dia 23 de novembro completei mais 1 ano de vida. Nossa, já 38 anos completos. Faltam somente 2 anos para chegar nos "enta", opâ, 40 anos! Sabe que eu sempre pensei que nunca iria chegar a essa idade. Acho que todo mundo pensa nisso né. Por que já ouvi várias pessoas dizendo a mesma coisa: "Nossa nunca pensei em fazer essa idade". Pois é gente, todo mundo faz aniversário e fica mais velho. Não sei dizer se é uma dádiva divina completar anos ou uma catástrofe chegar no dia do aniversário e lembrar que estou envelhecendo. Ai Meu Deus! Envelhecendo?? Isso lembra mais rugas, mais cabelos brancos, não não, isso não! Heeeeelp!!!! (risos).

Ai que tolice! Todo mundo passa por isso e comigo não seria diferente. As mesmas neuras e reflexões passam pela cabeça de várias pessoas. Até mesmo aquela  perguntinha que insistimos em fazer: "Será que vou morrer logo?". Pelas contas do rosário, como diz nosso amigo Felix, será que eu salguei a Santa Ceia para ficar teimando em pensar nisso. Ai pensamento ruim, xô para lá! kkkkkkk.

Mas deixando as brincadeiras de lado, ao mesmo tempo que vou para a realidade e sei que o envelhecimento e inevitável, eu tenho muito a comemorar. Sim comemorar com todo louvor e cheio de gratidão a Deus por permitir que eu chegasse aos 38 anos com muita saúde. Espero que ele continue me agraciando com esse presente tão precioso, a saúde. Agora o resto gente, é o resto. Vou vivendo, passando por dificuldades e por conquistas, vitórias e derrotas, tristeza e alegrias, olhando sempre para o horizonte e ganhando forças para continuar a trilhar os caminhos da vida. Um tropeço aqui, um tombo ali, faz parte da vida. O importante é nunca desistir dos sonhos e da vida. 

E a cada ano, sinto que as experiências vividas e os anos acumulados, me ajudam a entender os mistérios do ser humano e da vida. Agora sim, eu posso compreender muitas coisas que com a juventude eu não entendia. Como eu falo para muita gente, apenas com a maturidade vamos começar a enxergar e entender o que agora é incompreensível. Esse aprendizado da vida só é possível com o passar da idade. Na juventude eu não tinha o olhar tão crítico e minucioso que tenho hoje. Mas também ganhei mais ponderações e mais paciência diante de certas situações.

Comecei a entender também que festinha de aniversário também não é tão importante como antigamente eu achava que era.  Sabe que hoje em dia eu nem dou confiança para esse tipo de coisa. Bem sei, que é ótimo comemorar, mas se não tiver não me faz falta. Penso que a celebração maior está dentro da gente. Independente da festa no ambiente, temos que fazer festa no nosso coração e na nossa alma. Isso sim é importante. Eu atribuo toda essa maturidade primeiramente a Deus e depois ao meu querido companheiro que me ensina várias coisas da vida. 

Muitos "amigos" não me desejaram "feliz aniversário". Até postei no face alguns textos demonstrando minha indignação. Mas querem saber de uma coisa? Isso é bom, pois assim sei quem verdadeiramente se
preocupa comigo e me considera de verdade. Ora, bolas!!! Se não me consideram, eu posso então rebaixa-los de amigos para conhecidos. Olha que não é pouca gente, mas não tem problema. A gente vai vivendo e vai conhecendo as pessoas. Muitos com certeza darão a desculpa de esquecimento. Mas hoje em dia é difícil hein! Face avisa sempre quando tem aniversariantes na semana. Então essa desculpa não cola. Mas vamos deixar isso para lá.

Mais uma vez quero agradecer a Deus por esses anos de vida. Agradecer ao meu companheiro que eu amo muito que sempre está comigo em todos os momentos. E também agradecimentos a todos os amigos que reservaram um tempinho para me cumprimentar pelo meu Aniversário!

Beijos à todos!