sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Amigos para sempre

Sinto-me carente de amigos. Não sei se é o destino ou problemas com minha personalidade. Fico muitas vezes refletindo sobre esse assunto: a falta deles, os amigos.

Fazendo uma retrospectiva da minha vida lembro que passaram-se poucas amizades, que dá para contar a quantidade com os dedos de uma das mãos. Sinceramente, fico até depressivo em pensar que existe ausência deles em minha vida. 

No auge dos meus 37 anos, chego a conclusão que não sou muito bom em fazer amigos. Sei lá! Acho que as pessoas me acham arrogante, feio, pouco comunicativo. Não sei definir o adjetivo mais correto. Só sei que os poucos que tive ainda ficaram lá atrás, em um tempo distante do meu passado.

Escuto muitas músicas antigas e lembro deles sabem! Sou muito saudosista. Cher, Christina Aguilera, Whitney Houston, Madonna, enfim, musas da música, trazem lembranças muito boas. Uma coisa é certa, eu tenho gosto bom para melodias. Não acham? (risos).

Mas voltando ao assunto em pauta, tento suprir essa falta na Internet. Meus computadores são hoje meus amigos. São com eles que eu desabafo. São em suas HDs que guardam com carinho, muitas lembranças. E são em páginas, blogs e redes sociais que vejo fotos dessas pessoas que hoje estão distantes em minha vida.

Alguns eu até adiciono em minha página, mas sinto que hoje não passam de "amigos virtuais". É tão fácil se tornar um deles. Um clique em "adicionar" e pronto, já estão fazendo parte de sua página, mas não exatamente de sua vida.

Hoje é assim. Temos milhares de adeptos das redes sociais como amigos e poucos fazem parte de sua vida. Até os gestos carinhosos são virtuais. Beijos, abraços, aperto de mão, enfim, tudo virtual. Sem contato físico é tão frio.

Sinto falta mesmo de amizades verdadeiras. Amigos para sempre fora da rede.  Lembrei agora da música "AMIGOS PARA SEMPRE", tema das Olimpíadas de 1992 em Barcelona. Que saudades!


Muitas pessoas dizem que não existem amigos verdadeiros. Isso é balela. Amigo é o dinheiro. Mas no meu intimo sei que é uma calúnia e até pecado pensar assim. Sei que é difícil ter amizades sem algum interesse oculto, mas ainda acredito na humanidade. Ainda acredito que posso tê-los em minha vida.

Sem interesse e falsidade. Nas horas boas e ruins. Quando mais precisamos de uma palavra amiga. Lá estão eles. Prontos para ajudar e proporcionar afagos de amizades. Quero um dia poder trocar novamente minhas angústias e minhas alegrias com eles. Sem eles perdemos um grande tesouro da vida. 

Vocês podem não acreditar mas nem quando eu faço aniversário o telefone toca para me cumprimentar. É triste sabe. Eu fico o dia todo, com a triste ilusão que alguém vai lembrar de mim. Mas nada acontece.

Mas tenho certeza que um dia isso vai mudar. Só tempo para nos mostrar que ainda vale a pena tentar. Os amigos virão. Pode ser que demore um pouco ainda. Mas Deus vai preparar o melhor para mim. A amizade eterna! (choro)